Anúncios

17 de out de 2012

Breve apresentação, enfim.

"Eu não conheço metade de vocês como gostaria", disse o Sr. Bolseiro, e bem, pode se dizer que é o que sinto. Quando o Sal me convidou pra escrever aqui no Faça Bom Aproveito, dois pensamentos cruzaram minha mente e eu não podia ignorá-los. O primeiro, me senti lisonjeado com a proposta (poucas pessoas reconhecem um gênio, boa escolha Salem! :B), eu nunca tinha escrito nada assim e ainda acho meus textos bem fraquinhos, e esse é o motivo do meu segundo pensamento: "Meu Deus, o que eu vou postar pra essa galera??" Mas aceito o desafio e agradeço muito pelo convite, e honrarei a confiança, Sr Chefe.


Acho que agora vem uma descrição minha ou alguma coisa assim. Pra todos os efeitos, não sou um nerd, de forma alguma. Não uso óculos fundo de garrafa nem camisa de botão dentro da bermuda cáqui com cinto. Posso garantir que meu gosto pela literatura fantástica de Tolkien, Lewis Carroll, Douglas Adams ou Bernard Cornwell é mero acaso. E tenho certeza que qualquer pessoa normal já zerou pelo menos cinco Marios, a série Donkey Kong, os Zeldas, Sonics e foi evoluindo pelos nintendinhos, mega drives  PSones, PS2, e fica muito triste porque o salário não custeia um console melhor. Claro que minhas coleções de trilhas sonoras e tudo mais são pra acompanhar meu mais novo passatempo: Roleplaying Game! É, é um exercício e tanto de criatividade, entre outras coisas, mas apenas isso. Mas não, nada disso me credencia a ser um nanico jogado dentro das latas de lixo da escola. E eu já não sei mais terminar esse texto. Caramba! Nem falei que tenho 20 anos, moro em Uberaba, mas não gosto muito dessa cidade (ela fede, não espalhem). Nasci em Diamantina, no norte de Minas Gerais e sonho em ir morar no sul, ou quanto mais frio melhor. Espero só morrer depois que Peter Jackson esgotar as obras de Tolkien. Johnny Cash rulez, vai ser sempre o rei do southern. Não gostam muito quando digo que não gosto dos Beatles, que prefiro os Stones, e que Little Richard > Elvis. Não me odeiem ainda.
Isso é um pouco, mas com o tempo posso conhecer vocês melhor, e vocês também. A si mesmos ou à mim, não sei dizer ao certo.

Um comentário:

Para uma boa convivência os comentários são moderados a fim de evitar ofensas ou palavras feias.